13 exemplos de que o consumo sustentável não é um mito

Vivemos em uma sociedade de consumo e, embora ainda não possamos impedir totalmente a poluição, podemos praticar um consumo sustentável, também chamado consumo responsável ou consumo consciente, que minimiza os danos ambientais e ajuda a tornar a qualidade de vida possível para mais pessoas hoje e para as gerações futuras.

De fato, muitas práticas atuais mostram que o consumo sustentável não é um mito e que, com um pouco de vontade, mudanças positivas importantes podem ser criadas. Outra vantagem? Com o consumo sustentável, podemos economizar muito dinheiro. Vamos conhecer algumas ideias facilmente aplicáveis ​​em sua rotina diária:

Consertar torneiras com vazamento

Cada torneira com vazamento pode desperdiçar até 25 litros de água por dia. Conserte suas torneiras e faça um consumo eficiente! Se alguma emergência econômica o impedir momentaneamente, pegue a água e reutilize-a na limpeza da casa.

Feche a torneira quando não estiver em uso

As torneiras abertas consomem até 12 litros de água por minuto. Assim como parece! Enquanto escovamos os dentes, aplicamos o shampoo ou ensaboamos os tratamentos, fechemos a água!

Saia das banheiras

Uma banheira ou banheira carrega de 150 a 250 litros de água. Opte sempre por usar o chuveiro em vez da banheira, e mantenha o banho curto! Lembre-se de fechar a torneira ao aplicar o shampoo.

Usando lâmpadas economizadoras de energia

As lâmpadas economizadoras de energia duram de 6.000 a 15.000 horas a mais do que uma lâmpada comum, o que significa 70% a 80% menos energia. Além disso, eles emitem menos calor.

Veja também:

  • Consumo sustentável.
  • Sociedade de consumo.

Desligue os aparelhos

Existem aparelhos eletrônicos que consomem energia mesmo quando desligados, o que representa 10% do consumo mensal de energia em casa. Se desligarmos completamente os aparelhos eletrônicos, como ar condicionado, celulares, televisores etc., estaremos fazendo um consumo sustentável.

Use meios de transporte que reduzam as emissões de CO2

Sempre que possível, opte pelo uso de transporte público, que minimiza as emissões de carbono indiretamente, facilitando menos carros na estrada. Outra opção é compartilhar as viagens com seus colegas que fazem o mesmo trajeto, ao invés de cada um ocupar um carro diferente. Eles também podem usar transporte "verde" que não envolve a queima de combustível: bicicletas, carros elétricos, veículos verdes e assim por diante.

Compre apenas o necessário

Temos a tendência de comprar até mesmo o que não precisamos, como se não houvesse amanhã, ou ansiosos demais com o amanhã. Assim, gastamos mais dinheiro e só geramos e acumulamos lixo de forma absurda. Portanto, compre apenas o que você precisa! Isso faz parte do consumo responsável e sustentável.

Prefira produtos ecológicos

Hoje, existem muitos produtos ecológicos disponíveis. Observe as informações fornecidas nas etiquetas. É importante conhecer o tipo de embalagem (reciclável ou não) e também os produtos químicos que o produto contém, que podem ser prejudiciais à saúde ou ao meio ambiente (por exemplo, composição de detergentes e pesticidas) .

Não imprima se não for necessário

Estima-se que cada pessoa consuma em média 40 kg de papel por ano. O papel em si não é poluente, mas a obtenção da matéria-prima depende do desmatamento das florestas e, além disso, seu processamento é absolutamente poluente. Portanto, evite imprimir. Hoje temos recursos digitais para armazenar e ler informações. Confie neles!

Reuso

Reaproveite os vasilhames e todo tipo de sobras que você tem em casa, principalmente papel e plástico. E aproveite para reduzir o consumo de plástico ao mínimo.

Opte por recipientes de vidro

O vidro é puro e ecológico. Garante a preservação dos alimentos em bom estado e não polui. Prefira as enlatadas e principalmente os plásticos, tão prejudiciais ao meio ambiente.

Substitua os sacos de plástico por sacos reutilizáveis

As sacolas plásticas, além de não serem biodegradáveis, são hoje uma importante causa de morte da fauna aquática. Da mesma forma, aumentam a emissão de dióxido de carbono (CO2). Quando for ao mercado, não peça malas. Traga sua sacola reutilizável.

Classifique o lixo

Com a separação do lixo, facilitamos o tratamento de resíduos, o que otimiza o processo de reciclagem de produtos poluentes, como plástico ou metal, e o reaproveitamento de resíduos orgânicos como composto.

Tag:  Expressões Populares Tecnologia-E-Inovação Expressões Em Inglês